Prefeito de Barão de Cocais se reúne com moradores do Capim Cheiroso

24 de Janeiro de 2017 - 14:55 | por WWFA
Prefeito de Barão de Cocais se reúne com moradores do Capim Cheiroso
Barão de Cocais
0

), o prefeito de Barão de Cocais, Décio G. Santos, acompanhado do Presidente da Câmara, Leonei Pires, o vereador Lúcio Pastor (Lução),e os engenheiros Thiago Ribeiro e Hernani Duarte, se reuniu com moradores do bairro Capim Cheiroso e adjacências  para esclarecimentos de algumas situações referentes às obras de infra estrutura e asfaltamento, iniciada pela administração passada, mas que ainda não foram concluídas. (Stênio representante da construtora Império, responsável pela execução obra também esteve presente).

A obra tem sido motivo frequente de reclamações, por parte da população, pelo atraso e lentidão em algumas nas etapas doprojeto.

FALA PREFEITO

Durante a reunião, o prefeito explicou aos moradores algumas situações ‘herdadas’ por ele do governo anterior, e que estão afetando o seguimento da obra iniciada em dezembro de 2016.

“ … achei importante me encontrar com os moradores do Capim Cheiroso, e explicar o que está acontecendo com essa obra iniciada pelo último prefeito. Eles (moradores) estão preocupados e cansados da demora na conclusão desse serviço. Recebemos muitas reclamações sobre problemas de poeira, barro, sem falar no esgoto estourado que está causando um terrível mal estar a todos. Eles dizem que o asfalto já deveria ter sido terminado, mas até agora não foi.Somente um trecho entre o Fórum a Fazenda Soledade foi finalizado.Outra parte da rua , a maior dela, até agora se encontra praticamente do mesmo jeito, retiraram os bloquetes ,  sem contar a enorme quantidade de buracos. Na prática, a rua Afonso Pena que corta o bairro até à saída para Santa Bárbarase encontram quase que intransitável, (lamenta).

O prefeito Décio Santos destacou a importância do diálogo entre sua administração e população.

“quero agradecer a compreensão dos moradores, por entenderem a situação que estamos enfrentando, mas que iremos solucionar , e concluir todas as obras inacabadas prestando um serviço de qualidade para toda população. A melhor maneira de lidar com problemas é dialogar e mostrar a verdade, assim ,podemos encontrar as melhores soluções”, comentou.

Depois de ouvir os lamentos de cerca de 80 pessoas presentes ao encontro, Décio foi enfático:

“Vamos fazer uma auditoria nas contas da prefeitura. Vim até aqui pessoalmente dizer a vocês que ‘herdamos’ um problema que não foi criado por nós, porém ele agora é nosso, e não iremos fugir! Achamos que foi uma maldade grande da administração passada com a população do bairro Capim Cheiroso ”, finalizou o prefeito.

ENGENHEIROS EXPLICAM

O engenheiros da Secretaria M. de Obras , Thiago Ribeiro e Hernani Duarte comentaram sobre à atual situação da obra no bairro Capim Cheiroso:

“…ás reclamações apresentadas pelos moradores sobre o esgoto estourado próximo a capela serão resolvidos já nesta sexta-feira ,21, conforme acordado com o representante da empresa que está executando o projeto.  O problema ocorreu devido a movimentação de máquinas no terreno e pelo fato da rede existente no local não ter uma profundidade adequada, (esclareceu Ribeiro).

 Quanto a preocupação dos moradores sobre o asfaltamentoaté a ponte do ‘corta goela’, de fato houve um erro na planilha orçamentaria que contemplava (10.000 m²)  de pavimentação asfáltica, embora a obra  de esgoto  e drenagem pluvial esteja toda contemplada, apesar de ter  ocorrido um erro no orçamento da obra. A prefeitura irá contemplar um aditivo contratual para que o asfaltamento seja feito até o final da rua Afonso Pena, (afirmou).

 É importante lembrar que o trabalho de drenagem e esgoto, tal como os serviços de responsabilidade da Copasa, ainda estão sendo feitos no trecho depois da ponte (corta goela). Podemos afirmar que até o momento este erro não causou atraso na obra como um todo, (frisou Ribeiro ). Quanto aos pedidos de caminhão pipa, embora não esteja contemplado em contrato com a empresa, o representante da construtora Império, se comprometeu a ajudar, amenizando assim os incômodos causados pela poeira. 

Finalizando, os engenheiros fizeram um resumo da situação em que se encontra o projeto:

“ …do início da rua Afonso Pena, (em frente ao Fórum),  até a entrada da Fazenda Soledade, as etapas de infraestrutura e pavimentação já estão finalizadas, restando apenas acabamentos finais (pintura de faixas).

Da Fazenda Soledade até a ponte do corta goela, a infraestrutura já está concluída, faltando agora a preparação do solo para pavimentação. E da ponte do ‘corta-goela’ até o fim da rua  Afonso Pena, no cruzamento com a avenida Wilson  Alvarenga (Viúva) , as etapas de  infraestrutura (esgoto e drenagem), estão sendo executadas,  para em sequencia dar início ao asfaltamento, (finalizou Thiago).

“ A obra iniciada em 2016 é constituída de três partes: aprimoramento do sistema de drenagem de águas pluviais, construção de um sistema de coleta e transporte de esgoto sanitário e a pavimentação asfáltica. Porém, não sabemos por qual motivo, a administração passada não introduziu a obra por inteiro no processo licitatório. Dessa forma, as etapas de drenagem de águas pluviais, de coleta e transporte de esgoto sanitário, foram contempladas por inteiro, mas a pavimentação asfáltica ,não.  Ela inicia-se próximo ao fórum e finaliza nas proximidades do córrego “Corta-Goela”, sendo que as demais foram contempladas iniciando-se no mesmo ponto, porém finalizou-se no cruzamento com a avenida Wilson Alvarenga, (explicou Hernani  Duarte)

Contudo, a atual administração do Prefeito Décio G. Santos,secomprometeu a procurar a melhor solução para que a obra seja totalmente concluída, de forma correta, dessa forma beneficiando a todos os Cocaienses, em especial os moradores que residem próximos ao local, (concluiu Hernani).

Qualquer dúvida ou questionamento, tanto pela obra do Capim Cheiroso, como outros projetos em andamento, a secretaria se encontra de portas abertas para prestar esclarecimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *