Plano Municipal de Turismo na fase final em Santa Bárbara

3 de outubro de 2017 - 10:00 | por Redação
Plano Municipal de Turismo na fase final em Santa Bárbara
Santa Bárbara
0

O Conselho Municipal de Turismo (Comtur) se reuniu, no Memorial Affonso Penna, na semana passada, para repasse de informações e diretrizes estabelecidas a partir das oficinas de elaboração do Plano Municipal de Turismo já realizadas. Na reunião ocorreu ainda  a eleição do Conselho Fiscal e a definição da data da 3ª e última Oficina, que será em 18 de outubro.

Na ocasião, também foram definidos os próximos passos a serem seguidos após o término das oficinas de elaboração. São eles, monitorar o plano de ação do Comtur, aprovação do Plano Municipal de Turismo e preenchimento dos documentos para envio à Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais, referente ao ICMS Turístico.

Histórico 

O Comtur se reuniu pela primeira vez no dia 19 de junho, momento em que foram empossados os conselheiros e a diretoria, composta por presidente (Thalles Araújo Carneiro), vice-presidente (Luiz Antônio da Silva) e secretária (Neide Maria da Silva). No dia 29 deste mesmo mês aconteceu a segunda reunião do Conselho para tratar de deliberações do Regimento Interno e indicação de nomes dos participantes das oficinas de construção do Plano Municipal de Turismo.

A 1ª Oficina de Elaboração do Plano Municipal de Turismo aconteceu no dia 27 de julho e reuniu conselheiros e representantes da sociedade civil ligados ao comércio, associações e ao ramo de hotelaria, eventos, dentre outros setores com viés turístico. O grupo começou a pontuar os quesitos que cada um considerava pertinente de ser explorado, a fim de desenvolver o turismo local.

Já a 2ª Oficina de Elaboração, no dia 17 de agosto, foi marcada pela construção das diretrizes estratégicas do Plano e priorização das ações. A partir disso, foram definidos seis eixos estratégicos: infraestrutura (geral e turística), legislação e normatização, regionalização, segmentação do turismo, capacitação e qualificação, promoção e apoio à comercialização.

Além disso, também foi estabelecida a prioridade de cada ação, divididas em urgente (até um ano), médio prazo (até quatro anos), longo prazo (acima de quatro anos) e simples resolução.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *