Itabirito realiza primeira Conferência de Promoção da Igualdade Racial

2 de agosto de 2017 - 10:37 | por Redação
Itabirito realiza primeira Conferência de Promoção da Igualdade Racial
Itabirito
0

Evento marcou também a criação do Comitê da Igualdade Racial de Itabirito

Na última quarta-feira, 26, a Prefeitura de Itabirito realizou a primeira Conferência de Promoção da Igualdade Racial na Casa de Cultura Maestro Dungas. O evento teve o objetivo de definir políticas públicas na área para os próximos anos e eleger os delegados que participarão da IV Conferência Estadual e farão parte do Comitê Municipal de Promoção da Igualdade Étnica Racial.

Na oportunidade, o prefeito Alex Salvador assinou o decreto que cria o Comitê da Igualdade Racial de Itabirito. “Este momento representa um marco em nossa cidade e o cumprimento de mais um compromisso de campanha. Isto mostra que nossa administração está aberta para o diálogo com os diversos segmentos da sociedade”, disse.

De acordo com o coordenador de políticas públicas da juventude e coordenador geral da Conferência, Leandro Dias, este é o pontapé para uma nova fase de trabalho. “Com a conferência a criação do comitê, começamos o processo de definição das diretrizes e do caminho que vamos seguir a partir de agora”, explica.

Para o presidente da União da Juventude Socialista (UJS), Cleidson Martins, o Dinho, a discussão é de extrema importância. “Itabirito já avançou em alguns aspectos, mas pode melhorar ainda mais. É preciso incluir mais a população negra e periférica nas políticas públicas e acreditamos que este seja o ponto de partida”. “Já trabalhamos a questão racial em Itabirito desde 1988, mas agora, com a criação do comitê, essas questões serão enriquecidas e fortalecidas”, completou o líder do grupo Axé Igba, Antônio Carlos Dias, o Toninho Telefunken.

Propostas com participação popular

As propostas aprovadas no Comitê são frutos de um trabalho interdisciplinar que reuniu representantes das diversas entidades que atuam no município e profissionais de diversas secretarias, como Patrimônio Cultural e Turismo, Esportes, Assistência Social, Desenvolvimento Econômico, Saúde e Educação.

Os grupos de trabalho discutiram três eixos: trabalho e desenvolvimento econômico e social; cultura, educação e saúde; e juventude e empoderamento, esporte e cidadania.

No total, foram apresentadas e aprovadas quatro propostas para aplicação no Estado, que serão levadas para a Conferência Estadual, e 18 propostas de abrangência municipal. Além disso, foram aprovadas duas moções prepositivas e uma moção de indignação.

A plenária também elegeu seis delegados representantes da sociedade civil e dois do governo para participação na Conferência Estadual e quatro entidades para comporem o Comitê: Bloco Afro Axé Igbá, Grupo de Capoeira Cativeiro, Italgbt e USJ.

Manifestações Culturais

Durante a Conferência, grupos itabiritenses que trabalham a cultura negra, como o Bloco Afro Axé Igbá e o Grupo de Capoeira Cativeiro, fizeram apresentações. Também houve a declamação das músicas
Mulheres Negras e Dona Isabel  pelos os militantes do movimento negro Fabíola Dandara e Jahi.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *