Itabirito participa do Conselho Consultivo do Parque Nacional da Serra do Gandarela

5 de julho de 2017 - 11:30 | por Redação
Itabirito participa do Conselho Consultivo do Parque Nacional da Serra do Gandarela
Ambiente
0

Itabirito é membro do Conselho Consultivo do Parque Nacional da Serra do Gandarela

O secretário Municipal de Meio Ambiente, Antônio Marcos Generoso Cotta e o Diretor de Operações Ambientais, Miguel Ribon Júnior tomaram posse como titular e suplente no Conselho Consultivo do Parque Nacional do Gandarela, em Santa Bárbara, durante a apresentação do regimento interno do Conselho e posse dos demais integrantes. A 2ª Reunião Ordinária do Conselho será realizada no dia 16 de agosto, em Itabirito.

O secretário Generoso Cotta explicou que o Conselho é uma ferramenta importante para deliberação de propostas em prol da preservação do Parque Nacional da Serra do Gandarela.

“Nossa participação nesse Conselho é de grande responsabilidade, pois o parque abrange uma área de 3 mil hectares dentro da região de Itabirito e dada sua importância por possuir campos rupestres e áreas de recarga de aqüíferos”, explicou Generoso. Ele garantiu que não poupará esforços em prol de sua preservação como um dos Conselheiros.

Conselho

O Conselho tem por finalidade contribuir para a efetiva implantação e cumprimento dos objetivos do Parque Nacional da Serra do Gandarela garantindo a gestão participativa, de acordo com a Lei n° 9.985, de 18 de julho de 2000 e com as demais normas vigentes.

Os conselheiros terão como atribuições acompanhar a implementação e revisões do Plano de Manejo da unidade de conservação, garantindo seu caráter participativo; buscar a integração do  Parque Nacional da Serra do Gandarela com as demais unidades de conservação e espaços territoriais especialmente protegidos e com seu entorno; propor diretrizes e ações para compatibilizar, integrar e otimizar a relação com a população da região ou do interior da unidade; dentre outros.

O diretor Miguel Ribon Júnior explicou que o parque tem como objetivo garantir a preservação de amostras do patrimônio biológico, geológico, espeleológico e hidrológico associado às formações de canga do Quadrilátero Ferrífero. “Nele se inclui os campos rupestres e os remanescentes de floresta semi-decidual, as áreas de recarga de aquíferos e o conjunto cênico constituído por serras, platôs, vegetação natural, rios e cachoeiras”, finalizou.

O Parque Nacional da Serra do Gandarela, criado através de Decreto em 13 de outubro de 2014, abrange áreas  nos municípios de Nova Lima, Raposos, Caeté, Santa Bárbara, Barão de Cocais, Mariana, Ouro Preto, Itabirito e Rio Acima possui uma área de 31.593.11 ha, sendo que o município de Itabirito possui 3.144.942 ha, ou seja, 5,74 % no interior Parque Nacional, que é da unidade de conservação de proteção integral.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *