Comissão da ALMG debate condições de parque estadual em Ouro Branco

3 de outubro de 2017 - 09:35 | por Redação
Comissão da ALMG debate condições de parque estadual em Ouro Branco
Ambiente
0

O incêndio de grandes proporções que atingiu o Parque Estadual da Serra do Ouro Branco, na Região Central do Estado, motiva a realização de audiência pública da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) nesta sexta-feira (6/10/17). A reunião será às 14 horas, na Câmara Municipal de Ouro Branco, na Praça dos Sagrados Corações, 200, Centro.

A iniciativa para a realização da audiência é do presidente da comissão, deputado Glaycon Franco (PV). Em sua justificativa, o parlamentar lamenta que quase toda a área do parque tenha sido destruída. “Face à pouca estrutura preventiva, não é incomum serem observadas queimadas na área do parque, além de outros ataques que comprometem sua integridade”, diz.

Localizado entre os municípios de Ouro Branco e Ouro Preto, o Parque Estadual Serra do Ouro Branco, criado pelo decreto 45.180 de 2009, conta com uma área de 7.520 hectares. Além da rica cobertura vegetal, o parque dispõe de campos rupestres e matas de galeria, que ocupam as margens dos cursos d’água.

Entre os dias 7 e 11 de setembro último, toda essa área ardeu sob um grande incêndio, mobilizando militares do Corpo de Bombeiros, brigadistas do Instituto Estadual de Florestas (IEF) e voluntários, que tentaram debelar as chamas com a ajuda de aviões e helicópteros. Fauna e flora foram muito prejudicadas.

Convidados – Entre outras autoridades e ambientalistas, foram convidados para a audiência pública o secretário de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Jairo José Isaac; os prefeitos de Ouro Branco e Ouro Preto, respectivamente, Hélio Márcio Campos e Júlio Ernesto de Grammont Machado de Araújo; e o comandante do Primeiro Comando Operacional do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, Erlon Dias do Nascimento Botelho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *