Catas Altas volta ocupar cadeira no Comitê da Bacia do Rio Piracicaba

13 de novembro de 2017 - 10:02 | por Redação
Catas Altas volta ocupar cadeira no Comitê da Bacia do Rio Piracicaba
Catas Altas
0

 Depois de quatro anos afastada, a cidade de Catas Altas voltou a ocupar uma cadeira titular no Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Piracicaba (CBH-Piracicaba/MG).

A eleição aconteceu no dia 8 de novembro e contou com a presença de representantes do dos poderes públicos municipal e estadual, sociedade civil organizada e usuários/empresas da Bacia.

A participação no comitê é de extrema importância, uma vez que mostra que a atual Administração tem se preocupado com a questão da gestão ambiental, dando ênfase à escassez dos recursos hídricos, que é o maior problema atualmente em todo o mundo.

“Fazer parte do comitê é uma forma de retomarmos as discussões sobre a gestão pública da água. Nosso município precisa estar presente nos momentos em que o futuro deste bem tão precioso está em pauta”, explica o secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Reginaldo Nascimento.

A Bacia Hidrográfica do Rio Piracicaba tem aproximadamente 5 mil quilômetros quadrados de área, representando cerca de 1% do território do Estado de Minas Gerais.

O Rio Piracicaba possui 241 quilômetros de extensão, nasce no município de Ouro Preto e segue até a divisa das cidades de Ipatinga e Timóteo, onde se encontra com o Rio Doce.

Atualmente, cerca de 800 mil pessoas vivem na Bacia do Piracicaba divididos em 21 municípios: Alvinópolis, Antônio Dias, Barão de Cocais, Bela Vista de Minas, Bom Jesus do Amparo, Catas Altas, Coronel Fabriciano, Ipatinga, Itabira, Jaguaraçu, João Monlevade, Mariana, Marliéria, Nova Era, Ouro Preto, Rio Piracicaba, Santa Bárbara, Santana do Paraíso, São Domingos do Prata, São Gonçalo do Rio Abaixo, Timóteo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *