Câmara cobra e unidade de segurança é reaberta no bairro Cabanas

10 de agosto de 2017 - 00:42 | por Redação
Câmara cobra e unidade de segurança é reaberta no bairro Cabanas
Mariana
0

Posto da Guarda Municipal voltou a funcionar no dia 1º de agosto

A unidade de segurança localizada na Rua Diamantina do bairro Cabanas voltou a ser tema de debate na Câmara de Mariana. Atendendo ao requerimento do vereador Deyvson Ribeiro (SD), o secretário de Defesa Social, Braz Azevedo, participou da reunião de Comissões realizada na última segunda-feira (7) junto ao capitão da 239ª Cia da Polícia Militar, Patrício Oliveira, e ao conselheiro fiscal da Associação de Moradores do bairro Cabanas, Sandro Bezerra. O assunto em pauta foi o pedido feito em junho de reabertura do posto da Guarda Municipal que atende a região do Cabanas, Vale Verde, Cartucha e Santa Rita de Cássia.

“Fizemos um requerimento em junho para saber o motivo do posto da Guarda Municipal ter fechado”, aponta o vereador Deyvson Ribeiro, membro da Comissão de Polícia da Câmara, ao agradecer a retomada das atividades da base no dia 1º de agosto. “Eu queria saber o motivo pelo qual havia fechado, já que o bairro é grande, com quase 15 mil pessoas, não tem um destacamento policial e o posto da GM tinha fechado sem ninguém saber o porquê”. O vereador defende a importância do posto de segurança para a comunidade, a fim de intimidar assaltos.

Atualmente, a Guarda Municipal de Mariana conta com 119 agentes para atender toda a cidade. No dia 26 de junho, o secretário de Defesa Social esteve na Câmara e informou a dificuldade de manter o posto do bairro Cabanas aberto devido ao baixo quadro efetivo de guardas municipais. O Legislativo cumpriu seu papel e, atendendo aos anseios da comunidade, reivindicou a reabertura da unidade. “Retomamos o funcionamento do posto em horário administrativo e também vamos utilizar esse ponto para registrar ocorrências durante a noite”, afirma o secretário Braz Azevedo. De acordo com ele, o Executivo poderá implantar o serviço de ouvidoria no mesmo local.

O membro da Associação de Moradores do bairro Cabanas, Sandro Bezerra, destaca que a comunidade também pede a mudança do posto para um espaço físico maior. “Essa reclamação partiu do próprio agente da Guarda Municipal, devido o local não oferecer condições de trabalho”. O próximo passo será procurar um outro imóvel que atenda aos requisitos de segurança necessários, como a possibilidade de abrir uma porta para saída de emergência.

Em relação ao trabalho da Polícia Militar, o capitão Patrício destaca que o local é uma base da Guarda Municipal. “A Polícia Militar já atende o bairro Cabanas 24h e se no futuro for montado um ponto policial será de apoio. Se tiver as estruturas básicas e fornecer segurança ao cidadão de bem quando estivermos atendendo lá, com certeza nós utilizaremos o espaço”, afirma o capitão PM.

O posto da Guarda Municipal está em funcionamento de segunda a sexta-feira, de 8h às 17h. A população pode fazer registros de ocorrência, reclamações e denúncias no local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *