Ações eleitorais já ameaçam o futuro de Du e de Mariana

4 de setembro de 2016 - 19:30 | por Redação
Ações eleitorais já ameaçam o futuro de Du e de Mariana
Eleições 2016
1

As ofensivas do prefeito de Mariana, Du (PPS) para reeleger-se,  já provocaram várias ações eleitorais , entre elas,  medidas cautelares propostas pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), contra o prefeito, o vice Newton Godoy, a secretária de Ação Social, Regiane Gonçalves, esposa de Du e contra o vereador João Bosco.

A Ação Cautelar  ajuizada em Mariana, de nº 248-10.2016.6.13.0171 do MPE,   é o ato preparatório  para uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE).

Na semana passada, após receber autorização da Justiça Eleitoral de Mariana, autoridades do judiciário e Policiais Militares realizaram dezenas de ações de  buscas e apreensão de materiais de construção doados ilegalmente pela Prefeitura da cidade,  através da Secretaria de Ação Social, a pedido do vereador e candidato a reeleição João Bosco Ibrahim.

Segundo informações, a possibilidade de uma AIJE ser proposta pelo Ministério Público Eleitoral é grande, pois há comprovantes de apreensão dos materiais em questão e se aberta, pode determinar a cassação do registro de candidatura, diploma e mandato dos candidatos a prefeito, Duarte Júnior, seu vice Newton Godoy e o vereador João Bosco Ibrahim, bem como deixá-los inelegíveis por 8 anos. A mesma pena pode ser aplicada à esposa de Du.

Um comentário

  1. paulo diz:

    Ninguem ta acima da lei, que tudo seja apurado tomara que seja inocente, mas se nao for que seja punido como e a lei

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *